Olha nós aqui em primeiro lugar! 

A UFRJ cumpre 49/49 (100%) das metas de Transparência Ativa avaliadas pela CGU para 2022. Uma avaliação 100% positiva. No Ranking de cumprimento, a UFRJ foi a 1ª das 322 autarquias federais avaliadas. Esse é o resultado de anos de trabalho conjunto que envolve várias unidades, entre elas, a Ouvidoria e a Autoridade de Monitoramento da Lei de Acesso à Informação (AMLAI, na UFRJ), bem como todos os gestores. Agradecemos a todos, todas e todes que nos ajudaram a cumprir os quesitos de Transparência Ativa e, assim, colaborar com a efetivação do processo democrático na UFRJ.
E o que isso significa? Significa que a UFRJ garantiu o cumprimento de forma integral de todos os pré-requisitos contidos no Serviço de Informação ao Cidadão, canal convencionado para atender aos pedidos de acesso à informação, com base na Lei de Acesso à Informação - LAI (Lei nº 12.527/2011) e no Decreto nº 7.724/2012, que a regulamenta. A adequação dos serviços da UFRJ à Lei de Acesso à Informação foi um passo importante em direção à participação dos públicos interno e externo na Administração Pública e no controle social das ações desta, permitindo melhorias na gestão pública. (Abaixo, mencionamos os quesitos utilizados para avaliação pela CGU e o Relatório de Transparência Ativa.) 

Na UFRJ, o(a) Reitor(a), é o(a) responsável por designar a autoridade que lhe seja diretamente subordinada para, no âmbito do respectivo órgão ou entidade, agir como Autoridade de Monitoramento da Lei de Acesso à Informação e exercer as seguintes atribuições:
I - assegurar o cumprimento das normas relativas ao acesso à informação, de forma eficiente e adequada aos objetivos desta Lei;
II - monitorar a implementação do disposto nesta Lei e apresentar relatórios periódicos sobre o seu cumprimento;
III - recomendar as medidas indispensáveis à implementação e ao aperfeiçoamento das normas e procedimentos necessários ao correto cumprimento do disposto nesta Lei; e
IV - orientar as respectivas unidades no que se refere ao cumprimento do disposto nesta Lei e seus regulamentos.
Com os agradecimentos a todos os pares que colaboraram no alcance dessa distinção, e desejando que o caminho seja sempre solidário e bem-sucedido, rumo à excelência permanente no quesito “valor público”.

Luzia Araujo
Ouvidora-Geral
Autoridade de Monitoramento da LAI

 

 

Para mais informações, acesse o site do Conexão UFRJ.

gam5

 

 

O Grupo de Apoio à Mulher (GAM) na COPPE/UFRJ recebe a professora Letícia de Oliveira para uma palestra sobre “ O viés implícito e as desigualdades de gênero na ciência”, no dia 16 de Agosto de 2023, 13h30min, no Centro de Tecnologia (CT) da UFRJ, no bloco H, sala 324-B. A professora é neurocientista e atua na Universidade Federal Fluminense (UFF), Niterói/RJ, além de ser presidente da Comissão de Equidade, Desigualdade e Inclusão da FAPERJ e embaixadora do Parent in Science (PiS) no Rio de Janeiro. O Projeto PiS surgiu com o intuito de levantar a discussão sobre a parentalidade dentro do universo da academia e da ciência. O grupo é formado por cientistas mães e pais que resolveram encarar esta missão de trazer conhecimento sobre uma questão que, até então, era ignorada no meio científico.
O GAM (https://gam.org.br/index.php/pt/) é um grupo que nasceu em 2019 na COPPE/UFRJ que tem como objetivo promover o desenvolvimento da mulher na carreira acadêmico/científica. Essas ações incluem o acolhimento de alunas e professoras que apresentam dificuldades para realização de suas atividades. Esse será o segundo evento que o GAM promove no âmbito do Objetivo 5 de Desenvolvimento Sustentável.

logotipo

 

   Para mais informações - Clique Aqui

 

 

 

Mais informações: Clique aqui

 

 

357460353_17994238748056684_4512624218955930552_n.jpg

 

 

 

 

ATENÇÃO! VEM AÍ O WEBINÁRIO DE JULHO!

O 20° webinário da Série Aproximações Interdisciplinares, promovida pelo Grupo, traz o tema: "Aborto previsto em lei: contextos e desafios no Brasil e na América Latina". Contaremos com a presença de intérpretes de libras na transmissão ao vivo!

A Série Aproximações Interdisciplinares é uma iniciativa em comemoração aos 20 anos do Grupo de Pesquisa e Extensão Prevenção à Violência Sexual e conta com diversas lives sobre temas relacionados aos debates de gênero, masculinidade e das violências contra as mulheres. Todos os nossos webinários são gratuitos e fornecem certificado (mediante registro de presença).

 

➡️ Confira as outras edições da Série na playlist em nosso Canal do YouTube!

 

📍Divulgação completa: https://www.instagram.com/p/CuSxGrApcOw/?utm_source=ig_web_copy_link&igshid=MzRlODBiNWFlZA==


📍Formulário de inscrição: https://docs.google.com/forms/d/1wbsWqVoC0m3Mr4sQMJ2thYqflPLgF7sHm2KiA_xRCV0/edit

 

#PraTodesVerem: Fundo rosa. Na parte superior, há uma tarja azul escura. No canto esquerdo, a logo da Série Aproximações Interdisciplinares: um círculo roxo, com uma câmera branca apoiada em um clipe branco e ao redor, o título "Aproximações Interdisciplinares". Ao lado da logo, o título do webinário: "Aborto previsto em lei: contextos e desafios no Brasil e na América Latina". Abaixo da tarja, a data "12 de julho", o horário "19h" e a informação de "gratuito e com certificado!". Ao centro, no lado esquerdo, as fotos e descrições dos palestrantes Nanda Duarte e Maurílio Matos. No lado direito, a foto e descrição da moderadora Ana Paula Manzani. Na parte inferior da imagem, o user do Instagram do Grupo, @prevencaoviolenciasexual e o canal do YouTube, Grupo Prevenção à Violência Sexual. Ao final, uma tarja azul escura com a informação "formulário de inscrição disponível em linklist.bio/prevencaovs  (link na bio)

banner acessoinformacaoOuvidoria-Geral da UFRJ

Av. Pedro Calmon, nº 550 - Prédio da Reitoria, 2º andar

Rio de Janeiro - RJ CEP 21941-901 Tel.: (21) 3938- 1619

Ajude a reduzir o consumo de papel. Antes de imprimir, reflita sobre o seu compromisso com o MEIO AMBIENTE e com o nosso FUTURO!

IMPORTANTE:

O uso, a divulgação ou a reprodução não autorizados do nome, imagem ou logomarca da UFRJ estão sujeitos à adoção de medidas administrativas e/ou judiciais cabíveis. Toda a Comunidade UFRJ deve proteger e evitar a ocorrência de eventuais irregularidades. Em caso de dúvidas, orientações ou denúncia de utilização indevida, entre em contato com a Ouvidoria Geral da UFRJ cadastrando uma manifestação na Plataforma Integrada de Ouvidorias Fala.BR ou pelo telefone (21) 3938-1619, das 09h00 às 16h00.

 

UFRJ Ouvidoria-Geral da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ